Qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?

Recentemente apareceu no nosso Formspring uma questão sobre a diferença entre rede social e mídia social e, em definitivo, em que o Orkut e o Twitter se encaixam. Como já havia dito na resposta no Formspring, tanto o termo rede social como mídia social já existiam antes da internet e nenhum deles era tão usado como são nos dias de hoje.

O fato é que por ambos serem antigos e estarem sendo adaptados para a realidade da web, sofrem de algumas variações conforme alguém os tenta explicar. As várias teorias dizem que são iguais e algumas que quase não tem ligações. Como já mostrado em outro post, em um artigo de André Telles, o importante agora seria padronizar ambos os conceitos dentro da web. (Precisamos padronizar as definições entre Redes Sociais e Mídias Sociais!).

O que são REDES  SOCIAIS:

Uma rede social é um grupo de pessoas que tem algum nível de relação ou interesse mútuo. Essa definição acabou ganhando um novo significado na internet, o que já foi chamado de “relationship site” (sites de relacionamento) hoje é conhecido como redes sociais. Em minha opinião, esse significado que a internet trouxe deveria ter sido adaptado e ganho o nome de “redes sociais online“, que é justamente a proposta de serviços como Orkut e Facebook. Uma rede social baseado em suas relações online com as pessoas que você tem alguma ligação e/ou interesse em comum.

O que são MÍDIAS SOCIAIS:

Também ganhou um novo significado graças à internet. Também já chamado de “new media” (novas mídias) agora é conhecido como mídias sociais, que antes se referia ao poder de difundir uma mensagem de forma descentralizada dos grandes meios de comunicação de massa, agora é traduzido por muitos como: “Ferramentasonline que são usadas para divulgar conteúdo ao mesmo tempo em que permitem alguma relação com outras pessoas”. Exatamente como um blog, que ao mesmo tempo dissemina conteúdo e abre espaço para os leitores interagirem. Então estas seriam ferramentas que tem como objetivo o compartilhamento de conteúdo, sendo as relações o segundo plano.

E de todas essas ferramentas que temos hoje, são mídias sociais ou redes sociais?

É ao tentar fazer essas definições que você acaba se complicando. Como trazido por André Telles em seu artigo (Precisamos padronizar as definições entre Redes Sociais e Mídias Sociais!), onde o autor mostra uma rápida reflexão sobre a importância de haver um padrão dentro do mercado, para evitar confusões, ele comenta que redes sociais seriam uma categoria das mídias sociais e que seriam focadas em manter ou criar relacionamentos em base a assuntos em comum, como Orkut, Facebook, MySpace. Já as mídias sociais seriam  o que muitos ainda chama de “novas mídias”, como Twitter, Youtube, SlideShare, Digg, Delicious, enfim, serviços que tenham como objetivo o compartilhamento de conteúdo.

Twitter é uma rede social ou uma mídia social?

Algumas pessoas a usam apenas como uma rede social diferenciada, praticamente ignorando o conteúdo e priorizando as relações com as pessoas, isso transformaria o Twitter em uma rede social? É… talvez seja um pouco complicado de entender.

Existe uma linha tênue na hora de fazer qualquer definição em torno desses dois termos. Acredito que o que podemos usar para definir em qual termo uma rede social se encaixa, devemos lembrar-nos de qual é o seu objetivo principal, se é compartilhamento de conteúdo ou criação de relacionamentos. A definição entre rede social e mídia social também vai se dar no uso que uma pessoa da a sua ferramenta, por exemplo: O Twitter pode ser usado como mídia social, tendo objetivo apenas difundir conteúdo, ao mesmo tempo em que o microblog pode ser usado como rede social, apenas para seguir amigos e conversar entre eles.

Essa mesma pergunta foi feita no Facebook do Midiatismo, acompanhe e deixe sua opinião você também.

Tem como uma rede social não ser uma mídia social ou ser uma mídia social sem ser uma rede social?

Vi esta pergunta aparecer junto com a resposta neste post no blog do JaderFelix e resolvi colocar aqui também. Não há como uma rede social online não ser uma mídia social, afinal, o primeiro é uma categoria dentro do outro, impossibilitando assim, que haja uma separação. Já no caso contrário, existe uma possibilidade sim, afinal, como podemos ver na imagem a baixo, a rede social é apenas um pedaço da mídia social, portanto, uma mídia social sem ser uma rede social pode existir sim. Se alguém usar qualquer ferramenta 2.0 apenas para divulgar conteúdo, esta ferramenta será uma mídia social, caso haja interação, passa a ser uma rede social também.

Imagens e algumas referências retiradas daqui.

Fonte
Dennis Altermann

Sobre Marina Guedes

Analista de Mídias Sociais da Strategy Gestão Empresarial
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam protection by WP Captcha-Free